Expect more, do more, be more

Esta frase esteve sempre presente durante a estadia dos Microsoft Innovative Educator Expert em Redmond no E2 – Global Educator Exchange.

A avaliar por todos os artigos e comentários que tenho lido, nas redes sociais, resultou não só comigo mas também com os outros professores participantes.

Vou precisar de algumas semanas ou mesmo meses para assimilar tanta informação… Não sei onde estarei no próximo ano letivo mas, aconteça o que acontecer, depois deste encontro, com tanta partilha, tenho a certeza que serei muito melhor professora 😀

Mas a viagem a Seattle não foi só trabalho. Tive a oportunidade de viajar dois dias antes e um dia depois do E2 para visitar a minha amiga de juventude Joana Figueiredo e a sua família.

Participar no quotidiano de uma família portuguesa a viver nos EUA, há alguns anos, foi uma experiência extraordinária. Os filmes Norte Americanos fazem com que tudo nos pareça extremamente familiar, desde a casa onde vivem ao autocarro que transporta a filho mais velho para a escola 🙂

A primeira missão foi ajudar na decoração do bolo de aniversário do filho mais velho. Não tinha pasta de açúcar mas foi igualmente divertido construir um bolo Minecraft. Também fiquei fã da máquina de Capuccino, não sei se existe em Portugal mas irei averiguar 😉

Este slideshow necessita de JavaScript.

Além dos locais obrigatórios quando se visita Seattle – Space Needle, Pike Place Market, Pionner Square e Occidental Square – tive ainda a oportunidade de conhecer Kirkland e Snoqualmie Falls (onde foi gravada a série Twin Peaks). Também passei pelo hospital onde supostamente foi gravada a série Anatomia de Grey mas não consegui tirar uma foto 🙁

Este slideshow necessita de JavaScript.

A Space Needle faz parte do Complexo Seattle Center onde existem diversas estruturas que merecem ser visitadas, desde o EMP Museum ao Chihuly Garden and Glass. A vista do topo da Space Needle tão fabulosa que depressa nos esquecemos do quanto pagámos por ela 😛

Este slideshow necessita de JavaScript.

O Pike Place Market é um mercado com mais de 100 anos cuja intenção inicial foi aproximar os agricultores dos habitantes da cidade. Atualmente, para além de frutas e legumes vende todo o tipo de alimentação, desde o peixe à carne passando pela charcutaria. Também tem uma grande secção dedicada ao artesanato.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Perto deste mercado podemos encontrar o primeiro Starbucks da imensa cadeia internacional que hoje conhecemos. Não muito longe situa-se uma loja que é um verdadeiro museu do queijo.

Toda a zona envolvente merece uma visita e, para quem não subiu à Space Needle, a Seattle Great Wheel é paragem obrigatória.

Este slideshow necessita de JavaScript.

A Pionner Square e a Occidental Square situam-se na zona histórica de Seatlle. São sem dúvida locais muito interessantes mas, o que mais impressiona, é a quantidade de sem abrigo que por lá deambula 🙁

Este slideshow necessita de JavaScript.

Kirkland é um local onde dá vontade de viver. Esta cidade à beira lago tem uma praia e um jardim onde muitas pessoas acorrem no fim de um dia de trabalho. Vim depois a saber que o meu colega de equipa, Richard Snyder, trabalha numa Middle School situada por aquelas bandas. Há pessoas com muita sorte 🙂

Este slideshow necessita de JavaScript.

Snoqualmie é um local onde existe uma central hidroelétrica a partir da qual se construiu o Snoqualmie Falls Park que integra o Snoqualmie River e as Snoqualmie Falls.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Mesmo antes de partir para o aeroporto ainda deu para passar na sede do Starbucks e fazer um lanche tipicamente americano. Não gosto dos donuts portugueses mas os que comi em Seattle estão aprovados 🙂

Este slideshow necessita de JavaScript.

Comentário

%d bloggers like this: